(055) 3422-1465      contato@anaportoalegre.com.br    |   

Peelings: conheça os tipos e saiba por que eles podem ser uma opção para rejuvenescer sua pele!

O peeling (derivado do inglês “to peel”, que significa descamar ou descascar) é um procedimento dermatológico seguro e eficaz para rejuvenescimento da pele. Ele atua renovando as células da pele por meio da descamação.

É um tratamento não invasivo que atinge desde as camadas superficiais até as mais profundas da pele, sendo bastante utilizado para suavizar rugas, manchas, marcas de expressão, cicatrizes de acne e também para controle da oleosidade. Esta técnica possui diversos tipos e pode ser feita com uma variedade de ativos, como o ácido glicólico, o salicílico e o retinóico.

Os peelings são divididos nos seguintes tipos:

Peelings físicos: eles agem nas camadas mais superficiais da pele, fazendo uma esfoliação que promove a renovação da pele e facilita a penetração de ativos. Geralmente, é usado para tratar cravos no rosto ou estrias corporais. Os principais são os peelings de cristal, diamante, ultrassom ou microdermoabrasão.

Peelings químicos: eles podem atuar em todas as camadas da pele, desde as mais superficiais até as mais profundas, de acordo com a indicação de cada tratamento. Os ativos mais usados neste tipo são o ácido retinóico, ácido salicílico, ácido glicólico e o peeling de fenol.

Embora o peeling seja usado geralmente no rosto, ele também pode ser feito em outras regiões do corpo, como para tratar os sinais de envelhecimento do colo e também para suavizar estrias corporais.

Fonte: Medical Site

11 de Março de 2021

Agende sua consulta!